Clique e retire: como usar sem loja física?

Você com acesso mensal aos conteúdos mais relevantes de logística para e-commerce e varejo

Clique e retire expande possibilidades de entregas no e-commerce

O modelo de entregas clique e retire está em seus planos?

Este pode ser mesmo o momento certo para aplicar a estratégia em seu e-commerce.

Talvez um dos principais atrativos esteja no fato de que, no Brasil, o sistema ainda tem muito o que crescer. Então, quem aderir antes leva vantagem sobre os concorrentes.

De acordo com a plataforma de e-commerce Barilliance, o modelo clique e retire pode gerar aumento de 60% nas vendas.

Sejamos honestos: há poucas formas de conseguir um crescimento como esse, não é mesmo?

E o mais legal da história é que você não precisa ter uma loja física para explorar o modelo.

Neste conteúdo, a gente vai explicar de que forma você pode aproveitar essa estratégia inteligente ao entregar produtos.

Avance na leitura e descubra como fazer!

Clique e retire: que estratégia é essa?

Também conhecida como click & collect, a estratégia clique e retire vem sendo usada com sucesso por grandes marcas e redes varejistas do mundo todo.

Consiste em oferecer ao cliente a possibilidade de comprar online para retirar na loja – o ponto pode ser escolhido por ele ou designado por você.

O que pouca gente se deu conta é que os grandes varejistas não são os únicos beneficiados com esse modelo.

Na verdade, todo e-commerce pode aproveitá-la, como acontece com aqueles que utilizam o sistema de pick up points.

Nesse caso, a diferença é que, em vez da loja, a mercadoria é entregue em um estabelecimento comercial credenciado.

Como vamos ver alguns tópicos à frente, essa é uma estratégia que traz diversos benefícios e que, por isso, pode representar a alternativa perfeita para quem não tem lojas no varejo físico.

Como o clique e retire revoluciona o e-commerce

Quem trabalha com e-commerce conhece os desafios que esse segmento tem.

Alguns dos principais obstáculos foram expostos na pesquisa Click and Collect, da Mind Miners, em parceria com a Shopper Vista.

Segundo o levantamento, os três principais motivos que fazem um cliente desistir de uma compra online são:

  • Valor do frete: 81%
  • Prazos demorados: 55%
  • Dúvidas sobre a qualidade do produto: 44%

São problemas que podem ser solucionados ou, ao menos, ter seus impactos reduzidos pelo modelo de clique e retire.

Pode-se verificar esse potencial pelos números do mercado norte-americano, onde a estratégia está mais consolidada.

Em um ano, o crescimento nas vendas por esse sistema foi de 106,9%, gerando retorno de US$ 72,46 bilhões.

Na Inglaterra, o modelo também é um sucesso, tanto que, para os próximos anos, estima-se crescimento de € 11,9 bilhões, de acordo com o site Statista.

No Brasil, os próprios Correios já estão se preparando para aderir ao clique e retire, com a ampliação dos pontos de retirada do tipo lockers (armários inteligentes). 

Espera-se que, dentro de um ano, já existam pelo menos 3 mil desses pontos de entrega em todo o Brasil.

A verdade é que gestores do varejo online e físico estão se dando conta de que o consumidor omnichannel quer opções para ter acesso à sua compra.

Pode ser lockers, pontos de retirada ou com o click & collect - todas são alternativas do modelo PUDO (Pick Up & Drop Off), responsável por uma verdadeira revolução logística no e-commerce.

Vantagens da estratégia clique e retire

Números tão expressivos fazem da estratégia click & collect uma alternativa eficiente para o e-commerce e também para o consumidor final.

Tanto que ela é apontada como um sistema ideal para o cliente omnichannel, sempre exigente e atento à experiência proporcionada.

Como veremos na sequência, a retirada em loja traz vantagens que dificilmente seriam obtidas por outro tipo de estratégia.

Vamos começar falando daquela que mais interessa para quem está à frente de um e-commerce.

Redução dos custos 

Vimos que o custo do frete é o desafio número 1 para quem trabalha com comércio eletrônico.

Uma das razões que fazem esse custo disparar é o modelo de entrega porta a porta.

Afinal, sai muito mais caro e demorado ter que entregar na casa de cada cliente do que concentrar todas as entregas em um ponto.

É por isso que o clique e retire é uma maneira prática e cômoda de entregas para você e para o cliente, que não precisa mais se programar para ficar em casa à espera de uma encomenda.

Menor exigência da frota 

Os custos com veículos oneram tanto as empresas que trabalham com frotas próprias quanto as que terceirizam esse serviço, cujo custo é crescente.

É o que constata a Análise dos Custos Operacionais de Transporte Rodoviário, da ATRI. 

De acordo com o estudo, em apenas um ano, os custos com frotas podem aumentar em 6%, sendo em grande parte por causa de combustíveis e mão de obra.

Como vimos, o modelo clique e retire reduz a exigência em percorrer distâncias maiores, o que faz com que a demanda por veículos seja menor.

Mais agilidade e pontualidade 

Se os prazos demorados para entrega podem se tornar um problema para quem vende online, com o clique e retire, esse problema pode ser contornado.

Essa é uma das melhores estratégias para resolvê-lo, facilitando tanto para quem trabalha com o click & collect quanto para os que usam o modelo de pick up points.

No primeiro, marcas como a Apple, por exemplo, disponibilizam a compra online para retirada na loja dentro de 2 horas, como fazem no Brasil lojas como Casas Bahia e Magazine Luiza.

É o fim dos atrasos nas entregas causados por trânsito, problemas com veículos ou mesmo por dificuldades em encontrar o endereço informado pelo cliente.

Logística descomplicada 

Como destaca um artigo da Forbes, a última milha (last mile) de uma entrega é a fase mais complexa, crítica e cara para quem trabalha com e-commerce.

Uma das estratégias que as lojas vêm encontrando para descomplicá-la é aderindo ao sistema de clique e retire, já utilizado por 83% das marcas nos Estados Unidos.

Dessa forma, as lojas deixam para trás problemas como tráfego, furtos e roubos, recorrentes em grandes centros urbanos.

A propósito, ao descomplicar a logística, são criadas ainda mais oportunidades de se cortar gastos, sem prejuízo na qualidade e na pontualidade das entregas.

Renda extra para o lojista parceiro 

Vale destacar que o modelo de pick up points pode ser tão vantajoso quanto o clique e retire.

Até porque o sistema é praticamente o mesmo, mudando apenas a propriedade do ponto de retirada.

Nele, você forma parcerias com estabelecimentos comerciais físicos, ampliando sua capacidade de entrega.

Esses parceiros são remunerados pelo serviço e ainda podem gerar vendas adicionais ao cliente que entra na loja para buscar um produto.

O cliente omnichannel agradece 

A estratégia clique e retire é 100% alinhada aos interesses e preferências do consumidor omnichannel, e por um bom motivo.

Por ela, quem está no comando é o cliente, que pode escolher onde retirar sua encomenda, no horário que preferir.

Ele não precisa mais ficar preso em casa, à espera de um produto que, em alguns casos, pode chegar com atraso ou mesmo ser extraviado.

Assim, seu e-commerce garante não só que a entrega seja feita, como proporciona a melhor experiência para o exigente omnishopper.

Aumento da capacidade de entrega

Seja no campo ou na cidade, existem locais de difícil acesso ou que os veículos de entrega não conseguem acessar por motivos diversos.

Ao oferecer para o cliente final a possibilidade de ele escolher onde prefere receber sua encomenda, você acaba com esse drama.

Dessa forma, a capacidade de entrega passa a ser maior, já que as pessoas ganham opções de locais para receber os produtos. 

Como utilizar o clique e retire

Embora seja uma estratégia que traga benefícios para o e-commerce, a click & collect precisa ser corretamente dimensionada para produzir os resultados esperados.

Afinal, nos negócios, não se pode dar um passo sem antes fazer um planejamento e os cálculos necessários para antecipar custos e receitas.

Veja então como explorar o modelo de clique e retire ou pick up points, começando por três medidas estratégicas.

1. Avalie a sua demanda 

Como todo novo sistema a ser implementado no contexto da logística, o clique e retire precisa ser dimensionado antes de sua implementação.

Para isso, vale calcular antes qual a demanda esperada, considerando o próprio fluxo de clientes e de entregas do seu e-commerce.

Confira também os indicadores relacionados às entregas, focando em KPIs como taxa de devolução e trocas.

Se você tiver problemas nesses aspectos, então, o clique e retire ou o sistema de pick up points pode ser a solução ideal.

2. Defina objetivos e metas 

Sabendo onde o calo aperta, você pode definir o que esperar do novo modelo e, a partir disso, definir metas da mesma forma como faria com as entregas tradicionais porta a porta.

É possível, por exemplo, estipular um aumento de 10% nas suas entregas, ajudando assim a planejar toda a retaguarda logística, principalmente a capacidade do estoque e fornecedores.

3. Tenha o parceiro ideal nessa jornada

Conhecendo suas próprias dores e contando com metas claras de negócio, chega então o momento de implementar de fato o sistema de clique e retire.

Se a rede possui também lojas físicas, precisa de um sistema integrado, garantindo que todos os fluxos sejam mapeados, desde a venda online até a retirada do produto pelo cliente.

Se não possui, precisa se conectar a estabelecimentos físicos para firmar uma parceria.

O lado bom da história é que você pode fazer isso com a ajuda de uma empresa especializada em soluções para o e-commerce.

Essa é a Pegaki, sua melhor escolha para o last mile.

Somos uma empresa de tecnologia que liga transportadoras, centros de distribuição, embarcadores e pontos de coleta, trabalhando com o modelo PUDO.

Você ganha agilidade, economia e segurança ao direcionar seus produtos para entrega em estabelecimentos cadastrados em nossa plataforma.

Ao se tornar um parceiro Pegaki, deixe tudo com a gente: vamos oferecer o sistema e o treinamento necessários para transformar lojas físicas em pontos de retirada para o seu e-commerce.

Faça contato com a gente e visite o site para saber mais!

Você com acesso mensal aos conteúdos mais relevantes de logística para e-commerce e varejo