Comparador de preços: vantagens de cadastrar produtos

Você com acesso mensal aos conteúdos mais relevantes de logística para e-commerce e varejo

Comparador de preços: como usar para sua loja virtual vender mais

Incluir seu e-commerce em um comparador de preços pode ser uma boa estratégia para vender mais.

Um bom termômetro da relevância desse tipo de ferramenta vem do site Statista, segundo o qual, em uma pesquisa em inglês, 78% das pessoas fazem comparações de preços sempre ou com frequência.

Tudo bem que a pesquisa foi feita no mercado alemão, mas não deixa de ser um indício de que vale a pena utilizá-los para ganhar visibilidade e incrementar os lucros.

Como veremos ao longo deste conteúdo, a comparação de preços traz vantagens bastante consideráveis.

Continue lendo, saiba como incluir seu negócio nessas plataformas e tenha resultados acima da média.

Comparador de preços: o que é?

Nos tempos em que não havia internet, havia uma expressão popular que dizia “quem muito bate perna atrás de preço barato, acaba perdendo tempo e sola de sapato”.

Pois os sites comparadores de preços vieram justamente para eliminar essa perda de tempo e “bateção” de perna.

Neles, é possível fazer um comparativo de preços de produtos similares de diferentes marcas, podendo assim saber instantaneamente qual o que tem o valor mais em conta.

Como funciona um comparador de preços

Um comparador de preços é uma ferramenta pela qual várias marcas expõem suas mercadorias para que os preços delas sejam comparados com os preços das concorrentes.

O usuário acessa, escolhe os itens que deseja comparar e o resto do trabalho fica por conta do site.

Note que, nesse caso, se o seu produto tiver um preço competitivo, terá meio caminho andado para ser vendido.

Isso porque as pessoas que acessam esses sites já tem uma opinião formada, ou seja, são consumidores quase certos.

Por isso, a exibição em sites que comparam preços é indicada não só para ganhar visibilidade, como para aumentar as conversões em lojas virtuais.

Vantagens da comparação de preços para e-commerces

Além de permitir que seus produtos sejam exibidos para consumidores com alto potencial de compra, há outras vantagens em se fazer presente em um comparador de preços.

Vale destacar que a maioria das pessoas costuma utilizá-los antes de fazer uma compra online, como também comprova essa pesquisa (em inglês) da AYTM.

Segundo o levantamento, 78% das pessoas gostam de comparar preços antes de fazer compras, e 79% revelam buscar ativamente por ofertas e pechinchas online.

Dito isso, veja na sequência que outros benefícios seu e-commerce pode ter ao usar a comparação de preços.

Facilita a prospecção

Como destaca Philip Kotler, o custo de prospecção de novos clientes pode ser até 7 vezes maior do que sua fidelização.

Sendo assim, as plataformas de comparação de preços são uma solução genial e que reduzem bastante o investimento necessário para conquistar mais consumidores.

Afinal, como vimos, quem as acessa são pessoas com alta probabilidade de comprar, uma vez que seu comportamento é típico de quem está no final da jornada do cliente.

Simplifica a decisão de compra

Falando em jornada do cliente, nela, um potencial comprador (nessa fase chamado de lead) vai sendo educado até que tenha conhecimento e segurança para tomar a decisão de compra.

Pois um site comparador de preços é como se fosse um “atalho” nessa jornada, captando diretamente leads já qualificados para venda.

Você poupa todo um trabalho e investimento que teria que fazer em otimização para motores de busca e anúncios, chegando diretamente a clientes perto de tomar uma decisão.

Dá mais credibilidade 

Para alguns itens, como vestuário, o preço é um fator prioritário para o consumidor, como aponta uma pesquisa do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI).

Dessa forma, estar presente nos sites de comparação de preços é fundamental para estar em contato com clientes muito atentos à questão do preço.

É uma maneira de conquistar também sua confiança, uma vez que você deixará claro os preços praticados.

Portanto, além dos ganhos potenciais nas vendas, há também o ganho em imagem e reputação.

Ajuda a analisar a concorrência

Nem sempre é possível saber os valores dos produtos ou serviços que a concorrência pratica, pelo menos não diretamente.

Assim sendo, um comparativo de preços ajuda não só o consumidor a encontrar o melhor preço, mas o próprio lojista a se situar no mercado.

Lembre que precificar não é apenas embutir os custos de produção, distribuição, venda e a margem de lucro. 

Nesse processo, estipular preços sem perder de vista a concorrência é uma forma de ganhar competitividade, tornando seus itens ainda mais atrativos.

Como colocar sua loja no comparativo de preços

Assim como há e-commerces especializados em certos tipos de produtos, há comparadores que trabalham com segmentos mais específicos.

Além disso, cada plataforma tem suas próprias regras, limites e orientações para lojistas virtuais inserirem seus produtos.

Por isso, é fundamental que você conheça pelo menos o básico quando se trata de exibir mercadorias nesses sites.

Felizmente, o processo envolvido nem chega a ser muito complicado, como veremos nos tópicos seguintes.

Acompanhe!

Escolha o site

Sites como o Zoom, especializados em eletroeletrônicos e celulares, são obviamente indicados para e-commerces que trabalham com esse tipo de produto.

Em razão disso, vale antes fazer uma pesquisa para escolher o comparador mais adequado para o seu nicho de mercado.

Elabore descrições claras

A comparação de preços é uma pesquisa e, como tal, nela o consumidor busca saber não apenas preços, mas conhecer melhor as características de um produto.

Por isso, cada um dos itens que seu e-commerce disponibilizar para comparação deve ser acompanhado da descrição mais minuciosa possível, até porque certamente os produtos dos concorrentes também terão uma.

Faça a integração

Escolhido o site e tendo as descrições e imagens dos produtos prontas, é hora de fazer a integração das plataformas.

Normalmente, isso é feito por meio de um arquivo XML, pelo qual se faz a exportação dos dados que serão exibidos.

10 sites comparadores de preços para marcar presença

Claro que não estaríamos até agora falando de sites comparadores de preços se não tivéssemos boas indicações para dar.

Confira abaixo:

  • Buscapé
  • Promobit
  • JáCotei
  • Google Shopping
  • Zoom
  • Pelando
  • Baixou
  • Vigia de preço
  • Techtudo
  • Confie Aqui

Bônus: 5 dicas para se destacar no comparador de preços

Ninguém vai para uma festa sem estar devidamente produzido e arrumado, certo?

No caso dos comparadores, a “festa” em questão é a dos preços baixos e, nela, seus produtos estarão lado a lado com os dos seus concorrentes.

Por isso, vale ficar atento para alguns aspectos essenciais para que um produto apareça bem nas plataformas de comparação.

Veja quais são a seguir.

Cuide da segurança

Os sites de comparação costumam ser exigentes em relação às especificações de segurança dos e-commerces parceiros.

Para atender a essa exigência, vale investir em certificações, com destaque para o selo e-Bit ou um certificado SSL.

Cabe ressaltar que até grandes plataformas de comércio eletrônico estão sujeitas a ataques virtuais.

Um caso que ficou conhecido foi o da Target, que em 2014 teve roubados de seus registros 40 milhões de números de cartões de crédito e de débito.

Invista em um layout funcional

Lembre-se que, se um potencial cliente decidir pela sua loja, é para ela que ele será direcionado ao clicar no link inserido no comparador.

Embora você já esteja com a faca e o queijo na mão neste momento, ainda assim existe o risco de a pessoa desistir da compra.

Isso pode acontecer se o layout da sua loja não for funcional ou deixar de proporcionar uma boa experiência de navegação.

Logo, vale investir não só em um checkout ágil, como em um design que deixe todas as informações claras e que transmita segurança de uma ponta a outra do processo de compra. 

Saiba quais são as regras

Como vimos, existem diversas plataformas nas quais seu e-commerce pode aparecer.

Cada uma delas tem suas próprias regras em relação à exibição de produtos, direito da concorrência, especificações de imagens e textos, entre outras restrições.

Então, ao se cadastrar em um comparador, não deixe de conhecer em detalhes quais são as regras vigentes, procurando ajustar seus conteúdos a elas.

Desenvolva uma estratégia de SEO

Não é porque seus produtos serão exibidos numa plataforma de comparação de preços que você poderá relaxar no marketing digital.

A propósito, se assim você fizer, estará deixando seus concorrentes felizes, pois certamente eles estarão investindo em conteúdos e anúncios.

Dessa forma, não deixe de lado uma estratégia de otimização para motores de busca (SEO) que ajude a colocar as descrições dos seus produtos nas melhores posições.

Promova em suas redes sociais

Da mesma forma que o SEO, vale também promover suas mercadorias nas suas redes sociais.

Você pode fazer isso publicando reviews dos produtos, vídeos mostrando como utilizar, dicas de uso ou explorando anúncios pagos.

Venda mais e entregue fácil com a Pegaki

Com certeza os comparadores de preços são uma ótima alternativa para vender mais e melhor.

E você já deve estar pensando também em como vai ser na hora da entrega do produto.

Para isso, sugerimos que você conheça o sistema PUDO (pick up & drop off), também conhecido como pontos de retirada.

Esse sistema de entregas já faz sucesso nos Estados Unidos e Europa há algum tempo e, no Brasil, ele começa a se expandir.

Nele, as entregas são feitas não na casa do consumidor, mas em pontos de retirada que funcionam em estabelecimentos comerciais.

Você pode aproveitar o melhor desse modelo por meio de parceiras como a Pegaki.

Simplificamos a logística com pontos de coleta, tornando-a mais eficiente ao conectar transportadoras, centros de distribuição e pontos de consolidação.

Seja nosso parceiro e expanda ainda mais a sua capacidade de entrega!


Você com acesso mensal aos conteúdos mais relevantes de logística para e-commerce e varejo