Como fazer uma campanha de vendas eficiente

Todo lojista quer aumentar seus lucros e, para isso, uma campanha de vendas é uma ótima saída.

Mas como fazer do jeito certo?

Esse é um dos principais desafios nas lojas que enfrentam dificuldade para fazer seus estoques girarem.

A verdade é que não importa o produto, mas sim a estratégia que será utilizada para fazer com que os clientes apareçam e deem um “up” nos negócios.

Sem planejamento estratégico e recursos adequados, muitas acabam metendo os pés pelas mãos - e o que deveria trazer lucro, pode acabar até mesmo gerando prejuízo.

É o que acontece, por exemplo, com as lojas que não se preparam para uma demanda maior de público e, com isso, pecam na qualidade do atendimento.

Claro que você não quer passar por isso, e é para ajudá-lo a criar promoções matadoras que este conteúdo foi construído.

Avance na leitura e descubra como fazer uma campanha de vendas criativa e eficiente para alavancar seu negócio!

O que é campanha de vendas?

Uma campanha de vendas nada mais é do que uma forma de promover produtos ou serviços, uma união de esforços, ações e recursos para alcançar um objetivo.

Esses esforços e ações, na realidade do lojista, vão se concentrar na mobilização de equipes de vendas e na utilização ampla de todos os canais de divulgação que estiverem ao alcance.

E o fim em questão pode variar bastante, podendo ser, por exemplo:

  • Elevar o ticket médio para certo produto
  • Lançar uma marca ou produto no mercado
  • Alavancar as vendas nos períodos em que elas normalmente caem
  • Aumentar o giro de mercadorias no estoque
  • Liquidar o estoque de produtos que não encontrarão saída no futuro

Como fazer campanha de vendas de forma criativa

Uma campanha de vendas de sucesso precisa de dois ingredientes básicos: planejamento e criatividade.

Em outras palavras, boas ideias são importantes, mas não faça nada sem uma estratégia cuidadosamente estabelecida.

Se não sabe por onde começar, os passos a seguir vão ajudar.

Acompanhe!

Objetivo é tudo

Como já destacamos antes, uma campanha de vendas precisa de um objetivo.

Sem uma meta clara, ela pode não ser percebida pelo público como uma oportunidade, não gerar o impacto esperado ou não fazer diferença para a empresa.

Quer um exemplo para entender melhor?

Imagine que, da noite para o dia, uma loja de calçados decide dar 10% de desconto em cada par de tênis para quem levar um par de meias.

Não foi definido um período para essa ação promocional, tampouco foi calculada a margem de lucro esperada em cada venda. 

Ou seja, é uma campanha aleatória, sem qualquer objetivo definido, embora se possa dizer que o objetivo seja vender mais tênis.

É esse tipo de ação descuidada que você deve evitar ao fazer uma campanha de vendas.

Mostre o seu valor 

De acordo com uma pesquisa do portal Reclame Aqui, 51,2% dos consumidores pagariam mais só para ter uma experiência de compra melhor.

Sabe o que isso significa?

Que as pessoas não buscam apenas produtos e serviços, mas, acima de tudo, valor naquilo que compram.

É preciso agregar valor em cada mercadoria para que o cliente sinta que seu investimento está sendo valorizado.

Esse valor pode estar em um atendimento VIP, em oferecer brindes ou um pós-venda que faça o cliente se sentir especial.

Use a criatividade e mostre o seu valor!

Conheça o seu público (ou públicos)

O valor de um produto está naquilo que o seu público entende como tal.

E é por isso que você precisa conhecer muito bem os gostos, hábitos e preferências dos seus clientes.

Em uma campanha de vendas, vale sempre apelar para a tradicional pesquisa de mercado para avaliar o que as pessoas realmente esperam da sua marca, e que tipo de atendimento elas desejam receber.

Afinal, de acordo com uma pesquisa da Microsoft, 96% dos consumidores se baseiam no atendimento ao escolher uma marca, e ainda definem isso como critério número um para se tornarem fiéis a ela.

É fundamental, então, mapear o comportamento do cliente, utilizando para isso os dados coletados em interações com o público - em e-mails trocados, em mensagens deixadas em redes sociais ou na tradicional caixinha de sugestões, por exemplo.

Olho vivo nas datas comemorativas 

Não é novidade que as vendas para o varejo aumentam nas datas comemorativas e em períodos festivos, como as festas juninas e as de fim de ano.

É exatamente por isso que essas épocas sazonais são perfeitas para boas campanhas de vendas.

Mas fique atento!

Para essas oportunidades, você deve se preparar ainda mais, cuidando para que seus estoques deem conta da demanda maior, sem descuidar do bom atendimento.

Se necessário, vale até recrutar novas pessoas para o seu time de vendas, ou pagar hora-extra se houver demanda para isso.

Faça promoções surpresa 

Embora a divulgação antecipada seja importante, em certos casos, uma promoção surpresa pode ser mais impactante e despertar o senso de oportunidade nas pessoas.

Nesses casos, vale muito aquela ideia de urgência e exclusividade: como é por tempo limitado, o cliente não pode perder.

Mas isso não significa realizar uma ação sem estratégia ou planejamento.

Procure fazer esse tipo de campanha de vendas nos dias em que há maior fluxo de pessoas na região da sua loja. 

Dê exclusividade a quem merece 

Como você tem tratado seus consumidores mais fiéis?

Pode ser que esteja na hora de pensar menos nos clientes novos e mais naqueles que já compram com você há tempo.

É tudo uma questão de aproveitar o relacionamento já existente para vender mais.

Afinal, fica muito mais fácil fazer uma campanha de vendas de sucesso quando já se sabe o que funciona ou não com determinado público.

Oferecer descontos, condições de pagamento facilitadas ou brindes são algumas das maneiras de agradar aqueles que ajudaram seu negócio a prosperar.

Estipule prazos 

Uma campanha de vendas, como vimos, é uma ação que tem um objetivo bem definido. 

Mas para ela ser percebida como tal, é preciso estabelecer prazos.

Do contrário, as pessoas vão entender que não se trata de uma campanha, mas de uma ação permanente, o que as levará a protelar a decisão de comprar.

Ao determinar prazos, você desperta nos seus clientes o sentido de urgência, um dos gatilhos mentais mais poderosos para induzir a uma compra.

Use outros gatilhos mentais

Além da urgência e da oportunidade, existem outros gatilhos mentais que podem ajudar seus clientes a tomarem uma decisão de compra.

Você pode explorar, por exemplo, o gatilho da confiança, em que sua empresa se posiciona a favor de uma causa nobre, atraindo assim a simpatia e o apoio das pessoas. 

Vamos ver alguns exemplos mais à frente de campanhas que usam esse e outros gatilhos.

Outro fator que ajuda a estimular o comportamento de compra é o da escassez. 

É o que faz muito bem o Booking.com ao anunciar que “só resta uma opção” nos anúncios de quartos.

Na sua loja, pode ser uma placa de promoção informando que são as últimas peças de uma oferta.

Atenção à margem de lucro 

Caso decida liquidar estoque ou conceder descontos na campanha de vendas, não deixe de calcular o impacto que os preços terão sobre a sua margem de lucro.

Para calculá-lo, use a seguinte fórmula:

  • Margem de Lucro = Lucro / Preço de venda x 100

Então, se você vende uma mercadoria normalmente por R$ 150, obtendo lucro de R$ 30, sua margem de lucro é de:

  • 30 / 150 x 100 = 20%

Conhecendo esse valor, defina para a sua campanha a margem de lucro aceitável para o seu negócio e que resulte em preços irresistíveis para seus clientes.

Divulgue e promova 

Seus clientes não vão saber que sua loja está em promoção por telepatia.

Para que a campanha de vendas chegue ao conhecimento deles, é indispensável acionar todos os meios de comunicação ao alcance para gerar engajamento.

Vale aproveitar desde os avisos visuais na loja até publicações nas redes sociais. 

Isso sem falar na vitrine, o ponto de contato mais importante para chamar a atenção de quem passa pelo local.

O tradicional boca a boca também é válido, ou seja, você e seus colaboradores podem atuar como agentes promocionais. 

Comente com amigos e familiares, que, por sua vez, também podem espalhar as novidades.

A Pegaki pode ser sua parceira nessa campanha

Sua próxima campanha de vendas tem tudo para ser um verdadeiro sucesso depois da leitura deste conteúdo.

E outra maneira de conquistar mais clientes é transformar sua loja em um ponto de retirada.

Não sabe como funciona?

Você se cadastra com a Pegaki e nós cuidamos de tudo.

Quando um consumidor fizer uma compra no e-commerce, ele pode selecionar a sua loja para ir buscar o produto.

Em 30% das vezes que isso acontece, o cliente faz uma compra adicional no estabelecimento cadastrado.

E você ainda recebe uma taxa pelo serviço de entrega.

Gostou da ideia?

Conte com a Pegaki, sua parceira para atrair clientes, vender mais e crescer como negócio.